[PT] Airsoft

M1 to M1C

*

MORPHEU

  • *****
  • Mensagens: 2981
  • Black Dragons Airsoft Team
    • Ver Perfil
    • http://www.blackdragonsteam.com/foruns
  • Equipa: Black Dragons Airsoft Team
M1 to M1C
« em: Dezembro 07, 2010, 01:23:48 am »
Boas.


Desta vez venho apresentar um projecto de conversão de um capacete M1para um capacete M1c usado pelas "paratroopers" Americanas na WW2.

Um pouco de História.

O capacete M1 foi introduzido em 1942 para substituir o capacete M1917 ou "Doughboy helmet".
Foi usado desde a WW2 até á guerra do Vietname, apesar que a versão do Vietname tenha tido algumas variações de silhueta. A mudança mais significativa era a copa ou topo do capacete serem menos pronunciados.
Uma diferença também notável é as argolas para fixação das fivelas de fixação laterais. AS primeiras eram fixas e me forma de "D" e as fabricadas na época do Vietname são rectangulares e móveis

M1 da época vietname


M1 ww2


O capacete M1 ganhou uma mística especial e ainda hoje é o usado o seu interior (liner) em diversos cursos básicos militares e em cerimonias especiais.

Existia também o M2 e que foi substituído pelo M1C, mas basicamente era igual ao M1, diferindo no interior e nos correames. O M2 tinha as argolas de fixação em "D" fixas.

M2


Esta breve introdução histórica tem um sentido. É que maioritariamente o jogador de airsoft ou reenacter tem o hábito de comprar o M1 da época do Vietname (serie de 60) ou pós-nam(serie de 70), para usar em jogos\eventos da ww2.
È o que mais normalmente se faz devido principalmente ao preço dos mesmos, que rondam os 35€, enquanto que os da ww2 triplicam ou quadruplicam o preço.

Sabendo isto e para que os reenacts da ww2 fiquem mais visualmente reais é que me propus a criar este "step-by step" de conversão de um M1 (nam ou pós-nam) num QUASE M1C.

Replica do M1C e uma replica de M1 pós-vietnam.


O da esquerda foi comprado na Paratrooper em frança e custou 145€, O da direita é um M1 pós nam ou até mesmo uma cópia de outro país.

Os Liners


A primeira coisa a fazer foi comprar o material de conversão. Existe na SOF um kit "Para chinstrap set", mas eu optei por comprar as peças em separado também no mesmo site.

Code: AG310 Airborne Canvas A Frames 10£
Code: AG074 Helmet Net. 6£
Code: AV322 Leather Chinstrap for Liner 5£
A queixeira, já tinha uma do meu M1C
Code: AG101 Airborne First Aid Packet 10£



1ª fase. Preparação do Liner

A primeira coisa que fiz foi colar com fita-cola as A-frames no liner e ver qual seria a melhor posição para elas.



Depois as pontas a serem fixadas ao liner, são dobradas por forma a criar mais resistência, já que é tela e se não o fizesse, poderia soltar-se com o uso.



Seguidamente foi só furar com uma broca. Antes de furar vejam como irão fixar ao Liner, se é com parafusos ou rebites. Eu optei pelos rebites, porque não precisam de grande espaço para fixar. Meçam a grossura do rebite e furem o liner com uma broca desse diâmetro. No meu caso 5mm



Rebites e anilhas para reforçar o aperto do rebite.



Depois de fazer os 4 furos só temos que rebitar. Para que o rebite faça mais força, coloquei uma anilha no interior, para que ao apertar o rebite, este fizesse força e espalmasse na anilha e não no liner, já que isso poderia fazer com que o Liner rachasse.





Depois de rebitar, podemos com um martelo rebater as pontas dos rebites, para que nao haja azares e nos furem a cabeça em alguma queda.

2ª fase. Pintar o "pote".

Esta fase é a mais importante porque é a que vai dar o aspecto final do capacete.

A tinta usada na época ficava com um aspecto areado. Tentei imitar isso com cortiça desfeita, usada no modelismo.
A tinta usada na época era Olive Drab#3, O mais parecido é o MAT46 das tintas para kits de montagem. O melhor será comprarem 1 lata e levarem a uma casa de tintas para que vos façam a mesma cor. 1 Litro deve ficar mais barato do que comprar 5 latas destas (a 2,40€ cada), principalmente se forem pintar mais do que 1 capacete
Foram usadas 5, apesar de só serem necessárias 4.....nestas coisas mais vale que sobre do que falte.



Colocar a tinta num recipiente de vidro e ir juntando a cortiça até que fique uma "pasta" grossa.

Depois o mais difícil é coloca-la no capacete, já que a pincel não se consegue. EU optei por aplicar com espátula.

Fui aplicando aos poucos desde o topo em espiral até á base. Aqui também é um pouco ao gosto de cada um já que eu apliquei a cortiça bastante junta uma da outra.

Tem que se ter o cuidado de não deixar zonas com muita cortiça e outras com pouca......a ideia é ter um aspecto uniforme.



Depois deixamos secar, de um dia para o outro, tendo a preocupação de deixar pendurado o capacete pelo correame. Isto porque pela força da gravidade, enquanto pintamos a tinta e a cortiça "descem" um pouco em direcção á base. Para contraiar isso, depois de acabar, viramos o capacete ao contrário e pendurarmo-lo, para secar.

Aspecto final da pintura


3ª Fase. Accesorios liner

Tanto a queixeira como a "Leather Chinstrap for liner", tem uma cor muito clara, para imitarem as da época, pelo que optei por as pintar com tinta de sapateiro, cor castanho.



Dar 2 a 3 demaõs.






Como este capacete era da época pós-vietnam os correames eram Olive Drab, enquanto que os da época da ww2 são Khaki.
Como poderia fazer para dar um aspecto mais real sem ter que gastar mais dinheiro na SOF?

Experimentei descorar com lixívia......e não é que resultou?  :)) Só temos que ter atenção e ir fazendo testes. Meter na lixívia, deixar 5minutos, limpara com água, secar e ver o resultado.

No meu caso, como tinha pressa devido a um jogo no dia seguinte, não deu para experimentar muito e só deixei os correames uns 5 minutos na lixívia. Descorou um bom bocado, mas precisa de mais um ou dois tratamentos para ficar com a cor mais parecida.



4ª Fase. Embelezar o exterior.

Bem. A obra está quase completa. Só falta mesmo pintar o símbolo da companhia (101st airborne, 506Pir, 2nd battalion).

Tenham cuidado na pintura e vejam qual era o símbolo usado pela companhia que querem recrear.



Aconselho a não fazerem uma impressão de computador, recortar e ficar tudo simétrico, já que na época eram os próprios soldados que faziam esse serviço manualmente. Só por curiosidade, muitos soldados pintavam a mão o símbolo dos airborne e a patente nos seus Jump Suits.

Desenhem á mão com pincel ou desenhem numa folha de papel e depois recortem para pintar com esponja.







Deixar secar e quando estiver bem seco, colocar a rede.

Se tiverem tiras de serapilheira poderão meter (castanho, verde e khaki) bem como 1st Aid Packet.

Ainda lhe falta a serapilheira para dar o toque final, mas este é o resultado.


Espero que gostem e vos inspire.  ;)













*

Cypher

  • *
  • Mensagens: 558
  • Sempre na Linha
    • Ver Perfil
  • Equipa: SAR - TF351
Re: M1 to M1C
« Responder #1 em: Dezembro 07, 2010, 01:52:47 am »
Que mestre
QUANDO É QUE VÃO PERCEBER QUE BOM E BARATO NÃO EXISTE !?

*

NOcomply

  • *
  • Mensagens: 606
  • Tap-tap --> Job done
    • Ver Perfil
    • Lifelike.pt
  • Equipa: UNITAC
Re: M1 to M1C
« Responder #2 em: Dezembro 07, 2010, 02:34:24 am »
BRUTAL!
____________________________________________
UNITAC
"quem não vê é como quem não manja"

*

Paraquedista

  • *
  • Mensagens: 2150
    • Ver Perfil
  • Equipa: Grupo de Operações Tácticas (Team Leader)
Re: M1 to M1C
« Responder #3 em: Dezembro 07, 2010, 03:30:53 am »
Muito bom mesmo parabéns.


*

nazka

  • *
  • Mensagens: 848
  • VPA SF
    • Ver Perfil
    • CAPC - VPA
  • Equipa: VPA
Re: M1 to M1C
« Responder #4 em: Dezembro 07, 2010, 11:16:54 am »
Como dicen nuestros hermanos ... De P#%& Madre !

Parabéns Morpheu, está aí um trabalho dedicado :P
-------------------------------------

-------------------------------------
Hi-Capa 5.1 TM - ASG CZ Scorpion EVO3 A1 - ICS M4 CxP.08 Custom

*

Caldeira

  • *
  • Mensagens: 491
    • Ver Perfil
Re: M1 to M1C
« Responder #5 em: Dezembro 07, 2010, 12:13:38 pm »
Fantástico!!!

E este tópico é perfeito, pois comprei à pouco tempo um m1 e preciso agora de o converter para a epóca que pretendo
re-encenar...

Mt obrigado

Cumps

Caldeira
Marines Force Recon
MARINES FORCE RECON - Marine Recon is tasked with providing the commander of a larger force with information about his operational area.
Their missions usually focus on specific information requirements which, due to their changing or unique nature, cannot be obtained by means other than putting a man on the ground to observe and report.
Recon Marines are capable of "direct action" missions, which provide special operations capability.

*

ICE

  • *
  • Mensagens: 1670
  • Equipa: G.E.O - Grupo Especial de Operações
    • Ver Perfil
Re: M1 to M1C
« Responder #6 em: Dezembro 07, 2010, 19:52:24 pm »
"Quem não tem cão ... caça com Gato!"

Muito bom  8)
Walking in the jungle since 1998...


Keep Low. Move Fast. Kill First. Die Last. One Shot. One Kill. No Luck. Pure Skill